Bruxelas - Bélgica

Choose the Language ↓ Escolha o Idioma

EnglishFrenchGermanSpainItalianDutch
RussianPortugueseJapaneseKoreanArabicChinese Simplified
 
 

 

Bruxelas é a capital da Bélgica. É uma cidade super importante para a União Europeia, pois serve como centro administrativo para o Parlamento Europeu. A sede oficial do Parlamento Europeu fica em Strasbourg na França, os escritórios administrativos ficam em Luxemburgo, mas a maior parte das sessões do plenário ocorrem em Bruxelas.

Nós ficamos na cidade por apenas 2 dias. A maioria dos viajantes dedica pouco tempo à capital porque na verdade a gente usa Bruxelas como base para conhecer outras cidades da Bélgica, como Ghent, Bruges e Antuérpia

 

Grand Place

Começamos nosso passeio pelo coração da cidade, o centro histórico. A Grand Place é uma praça bem bonita onde ficam a prefeitura e outros prédios importantes de Bruxelas.

   À direita, o Hotel de Ville (prédio da prefeitura).

 

Há muito tempo atrás, antes de se tornar ponto turístico, a praça era um importante centro comercial. No século 11 estabeleceu-se ali o antigo mercado da cidade, herança que ainda pode ser vista no nome de alguns prédios que rodeiam a praça.

A prefeitura é aberta para visitação pública. O lado de dentro é tão bonito e ornamentado quanto o lado de fora. A visita é feita por meio de tours guiados em inglês, francês ou holandês.

A praça fica sempre lotada de turistas e é quase impossível tirar "a foto perfeita". 

Ainda na Praça procure pela estátua de Everard ‘t Serclaes, uma estátua dourada de um senhor deitado que fica perto do Hotel de VilleDiz a crença popular que passar a mão na estátua traz sorte. Então fizemos isso!

As pequenas ruas ao redor da Grand Place são bastante turísticas, cheias de lojas de chocolates, wafel, cerveja, e outros artigos típicos belgas. Andar por essas vielas é uma delícia.

   Não deixe de comer o famoso chocolate belga hein!

 

Manneken Pis

Traduzindo, significa “Menino fazendo Xixi”. É uma pequena estátua de bronze que fica à poucos metros da Grand Place, na Rue de I’ Etuve nº40 (esquina com Rue du Chêne). É o símbolo mais conhecido de Bruxelas, mas não se decepcione com o tamanho da estátua, ela mede apenas 61 centímetros. 

Antes do Manneken Pis se tornar um personagem folclórico, ele era apenas uma fonte. No século 15, desempenhou um papel fundamental no abastecimento de água potável de Bruxelas. A estátua foi feita por Hieronymus Duquesnoy em 1619. Depois de sair ilesa do bombardeio de Bruxelas em 1695, tornou-se um bem precioso e sua fama cresceu. 

Quando o Manneken Pis deixou de ser uma parte essencial do sistema de abastecimento de água da cidade no século 19, tornou-se um símbolo do folclore de Bruxelas. Réplicas da estátua são feitas em diversos materiais e vendidas como souvenirs. Muitos são feitos principalmente de chocolate! 

Em grandes eventos, a estátua é vestida de várias maneiras diferentes. Seu guarda-roupa conta com mais de 900 figurinos. No Musée de La Ville - que fica na Grand Place - ficam expostos os famosos trajes do menino fazendo xixi. Tem roupa de Drácula, de Papai Noel, de soldado e até de Elvis Presley. Vale à pena visitar! Entrada: 5 Euros. 

Além do Manneken Pis, há ainda a Jeanneke Pis (a versão feminina do Manneken Pis) e o Het Zinneke (um cão fazendo xixi). São estátuas que enchem de bom humor a paisagem urbana de Bruxelas. A primeira fica na Rua Impasse de la Fidélité Nº10 e o cão fica na Rue des Chartreux Nº 35.

 

Atomium

O Atomium é considerado a "Torre Eiffel" de Bruxelas. Com 102 metros de altura, a estrutura representa um átomo do elemento químico Ferro ampliado 165 milhões de vezes. O Atomium foi construído para a Exposição Universal de 1958 e permanece até hoje. O prédio é lindo, impressiona bastante pela sua dimensão e merece ser visitado pelo menos por fora. 

Antes de ir à Bruxelas, eu havia lido em alguns blogs que não valia à pena entrar e subir no Atomium, mas eu me arrependi. Eu deveria ter subido sim. Quem decidir subir até a esfera do seu topo, é possível de elevador. No local, também funcionam restaurantes e exposições temporárias. 

O Atomium fica longe do centro histórico. Nós fomos de carro. Preço: 16 euros por pessoa. Site oficial do Atomium com informações de horários, como chegar e para comprar tickets online→https://www.atomium.be/home/cover

 

Mini Europa

Esse as crianças adoram! É um parque com maquetes que reproduzem 80 cidades da Europa em miniatura e seus pontos turísticos. Fica exatamente ao lado do Atomium. Custa 16 euros por pessoa. Site oficial→https://www.minieurope.com/de/  (Fecha de Janeiro à Março)

 

Mont des Arts

É uma praça bem bonita que fica perto da Estação Central de Bruxelas. Estando na Grand Place é uma pequena caminhada de 400 metros. É um jardim geométrico com flores e árvores podadas artisticamente cheio de esculturas por todas as partes. Um bom lugar para sentar e curtir uma pausa no passeio. É claro que no inverno a vista não é a mesma. Vá conhecer na primavera ou no verão.

 

Galeries Royales Saint-Huberte

É uma galeria comercial linda com o teto todo de vidro. Tem lojas de grife, joalherias, cafeterias e casas que vendem chocolates. Mesmo que não compre nada, vale à pena passar por lá só para conhecer. A galeria fica perto da Grand Place. Visite o site oficial →https://www.grsh.be/

 

Comics Art Museum

É o museu dos quadrinhos! Quem curte Cartoons não pode deixar de visitar. Saiba como eram feitos os Cartoons de antigamente e os de agora. Personagens famosos que nasceram aqui: Tim Tim e Os Smurfs. Preço: 10 euros por pessoa. Horários de funcionamento e outras informações veja no Site Oficial →https://www.comicscenter.net/en/home

 

Waterloo

No Campo de Batalha de Waterloo foi onde Napoleão perdeu a guerra! 

Waterloo é uma cidade da Bélgica que fica à 30 Km de Bruxelas. É pertinho, então se você estiver pela região vale à pena visitar Waterloo pela importância histórica que representa. O lugar ficou famoso por ter sido onde tropas inglesas, belgas e holandesas decretaram o fim da Era Napoleônica em 1815.

Napoleão Bonaparte era francês e um grande líder militar. Se tornou Imperador da França devido a suas enormes conquistas de territórios pela Europa. Foi um grande estrategista. Exércitos liderados por ele dominavam tudo pela frente. Napoleão era muito temido. Até a batalha que aconteceu em Waterloo, onde foi definitivamente derrotado.

O Campo de Batalha de Waterloo é um grande complexo histórico. É formado por um museu, por um monumento (montanha) com a estátua de um leão no alto, um prédio redondo (chamado de Panorama), uma fazenda e por dois restaurantes. 

Leia mais detalhes sobre a visita à Waterloo, clique AQUI

 

Leia também:

Outras cidades e passeios pela Bélgica

Ana Cassiano

Morei na Alemanha por 8 anos. Já visitei vários países de continentes diferentes. Sou Guia de Turismo em São Paulo, Escritora de Viagens e Colaboradora de Sites de Turismo.

MMorei na Alemanha por 8 anos. Já visitei vários países de continentes diferentes. Sou Guia de Turismo em São Paulo, Escritora de Viagens e Colaboradora de Sites de Turismo.orei na Alemanha por 8 anos. Já visitei vários países de continentes diferentes. Sou Guia de Turismo em São Paulo, Escritora de Viagens e Colaboradora de Sites de Turismo.