Mônaco

Choose the Language ↓ Escolha o Idioma

EnglishFrenchGermanSpainItalianDutch
RussianPortugueseJapaneseKoreanArabicChinese Simplified
 
 

 

Mônaco é o segundo menor país do mundo, com um território de apenas 2 quilômetros quadrados e 37,4 mil habitantes (2020). Em tamanho só perde para o Vaticano. 

Você sabe quais são os Maiores e os Menores países do mundo? Clique AQUI 

Mônaco é um Principado que fica na Provence (sul da França) quase na fronteira com a Itália, na região do Mar Mediterrâneo. O país é tão pequeno que possui uma faixa de mar de apenas 3 Km.

1 dia é suficiente para conhecer Mônaco. Esse é um destino que merece ser visitado principalmente se você estiver na região da Riviera Francesa (Côte d'Azur). Fica bem perto de Nice (22 Km) e muita gente faz passeio bate-volta de 1 dia.

Conheça Nice em um passeio de 1 dia. Clique AQUI

 

  • Quem nasce em Mônaco é monegasco.

  • Monte Carlo é um bairro de Mônaco.

  • Língua: Francês

  • Religião Oficial: Católica Romana

  • Moeda: Euro

  • Mônaco não faz parte da União Europeia (UE), mas participa de certas políticas do bloco.

  • O país não possui imposto de renda, e é bem conhecido por ser um paraíso fiscal. É residência de milionários!

  • Mônaco é conhecido pelos cassinos de luxo, pelo porto repleto de iates e pelo Grande Prêmio de Fórmula 1, que acontece nas ruas da cidade, e não em autódromo.

  • O Principado de Mônaco foi fundado em 1297 pela família Grimaldi que governa esse território por mais de 7 séculos. 

  • Tem como forma de governo a monarquia constitucional, em que o monarca é o Príncipe Albert II (2020) 

  • A maioria da população de Mônaco é estrangeira. 50% é formada de franceses e italianos. 28% de outras nacionalidades. Apenas 22% das pessoas nasceram em Mônaco propriamente dito. 

  • Mônaco tornou-se um importante centro bancário e procurou diversificar sua economia com o setor imobiliário, de turismo e por um pequeníssimo cultivo de citrinos (limão siciliano) localizado na parte rural do principado, perto da fronteira com a França.

 

Grace Kelly, a Princesa de Mônaco

Impossível ouvir a palavra Mônaco e não lembrar de Grace Kelly. O casamento da atriz americana com o Príncipe Rainner III em 1956 foi sem dúvida um marco para o país. Além de ser um ícone da Moda, Grace também foi considerada a "princesa mais bonita da história". No cinema estrelou onze filmes, ganhou um Oscar de melhor atriz em "Amar é Sofrer" e 6 Globos de Ouro. Seu prestígio, fama e beleza sempre atraíam os holofotes para Mônaco. Ela era a queridinha do diretor Alfred Hitchcock.

  Seu vestido de noiva é até hoje um dos mais copiados do mundo.

 

Em 1982, Grace Kelly morreu em um trágico acidente de carro em Mônaco, no bairro de Monte Carlo. O carro que a princesa dirigia saiu da estrada e caiu de um penhasco. Ela tinha apenas 52 anos. Em 2014 foi lançado um lindo filme estrelado por Nicole Kidman contando a história de Grace. Assista ao trailer clicando AQUI

Da união de Grace Kelly com o Príncipe Rainner III nasceram 3 filhos: Caroline de Mônaco, Stéphanie de Mônaco e o Príncipe Albert II, que hoje é o monarca. 

Em 2011, o Príncipe Albert II se casou com Charlene Wittstock, numa cerimônia transmitida para o mundo todo. O casal tem dois filhos (gêmeos) Jacques e Gabriela. Jacques será o próximo monarca de Mônaco, mas por enquanto é apenas uma criança.

  Andando pela cidade a gente vê fotos do casamento do Príncipe Albert por todos os lados. As pessoas penduram molduras em casa, nas varandas, nos restaurantes etc. Os monarcas são bastante queridos por aqui.

 

A estátua de Grimaldi e o surgimento de Mônaco

O território que hoje é Mônaco no passado fazia parte da Itália. Em 1297, os Grimaldi (uma família nobre de Gênova) tomaram a fortaleza que ficava no alto do Rochedo e ali foi colocada a primeira pedra de fundação do principado, no exato lugar onde fica o Palácio Real de Mônaco

  O Palácio Real de Mônaco, que fica no alto do Grande Rochedo.

 

A história diz que na noite de 8 de janeiro de 1297, Francisco Grimaldi disfarçado de frade, veio pedir esmola na porta do castelo. Quando os guardas abriram, ele empunhou sua espada escondida debaixo do hábito franciscano e entrou, abrindo passagem para seu primo Rainier I e mais um grupo de homens que os ajudaram à conquistar a fortaleza. Desde então, o castelo se tornou posse dos Grimaldi. 

Este evento histórico foi eternizado com a colocação (em 1997) de uma estátua de Francisco Grimaldi na frente do Palácio de Mônaco para marcar os 700 anos de reinado dos Grimaldi.

   O Palácio de Mônaco e a Estátua de Francisco Grimaldi mostrada na seta.

 

  "Malizia" é Esperto em italiano. Esse termo tem tanto significado pra eles que a família real tem até um barco com esse nome.

 

O Palácio Real

O Palácio dos Príncipes de Mônaco é uma residência privada cujos aposentos são abertos ao público durante um período do ano. (Devido a pandemia da Covid, não haverá visitas em 2020. Previsão de reabertura somente em abril de 2021).

As origens do palácio remontam do século 13. Porém, após sucessivas transformações ao longo dos anos, a antiga fortaleza chegou ao século 17 com cara de uma suntuosa residência Real, que é a que vemos hoje. Veja como é a visita por dentro →Clique AQUI

O preço do ingresso é 10 euros. Informações no site oficial (em inglês) →https://palais.mc/en/index.html

Diariamente às 12h acontece a Troca da Guarda. Muitos turistas vão para a frente do palácio nessa hora para assistirem à cerimônia.

Em frente ao palácio, tem uma praça bem ampla, cheia de canhões ao redor. E também há ruelas estreitas com lojinhas de souvenirs e restaurantes para turistas.

Como o palácio fica no alto de um rochedo, a vista lá de cima é linda, voltada para o Porto de Fontvieille

Seguindo pela ruelle Sainte-Barbe a gente vai beirando o penhasco e a vista vai ficando cada vez mais interessante.

Desse ponto dá pra ver o Museu Oceanográfico, um ponto turístico muito visitado em Mônaco. O museu foi fundado pelo príncipe Albert I para acomodar suas coleções e também para ajudar com os estudos marítimos. É um passeio interativo e com muito aprendizado. Se estiver interessado em visitar, reserve pelo menos 2 horas do dia para conhecer tudo. A entrada custa 16 euros. Site oficial do museu →https://www.oceano.org/

 

Catedral de Mônaco e Palácio da Justiça

Caminhando pela ruelle Sainte-Barbe, a gente chega à Catedral de Mônaco (onde Grace Kelly se casou). É uma igreja católica do século 19 também conhecida como Catedral de São Nicolau. Ela é toda decorada com pedras brancas, no estilo românico-bizantino. Carregada de histórias, ali está enterrada toda a realeza de Mônaco. 

Exatamente ao lado da catedral fica o belo prédio do Palácio da Justiça.

 

Rampe de la Major

Para chegar até o topo do grande Rochedo (onde fica o Palácio de Mônaco) dá para ir de carro ou de transporte público. Mas muita gente prefere subir a pé pela Rampa de la Major, que é um caminho íngreme mas que oferece lindas vistas panorâmicas da cidade. 

Para acessar a rampa é grátis! Ela começa na Place d’Armes (perto do Porto Hercule) e termina lá em cima no castelo. Dá pra subir ou descer. Então sugiro que suba através de algum transporte e desça pela rampa, para ser menos custoso fisicamente. Nós escolhemos subir e quase morremos de cansaço, rs.

A Rampa de la Major era no século 15 a única forma de chegar à fortaleza que ficava no alto do rochedo, por isso esse caminho também é chamado de Gateway to Rock.

 

Monte Carlo e os Cassinos de Luxo

Em Mônaco, o desenvolvimento econômico foi estimulado no final do século 19 com a abertura do primeiro cassino do país, o Casino de Monte Carlo, e por uma conexão ferroviária com Paris. Desde então, o clima ameno, as paisagens e as instalações de jogos contribuíram para o status do principado como destino turístico para os ricos. 

Monte Carlo é a região mais badalada de Mônaco. Nela fica não só um, mas um complexo de elegantes cassinos e hotéis com arquitetura belle-époque. 

O Casino de Monte Carlo é mantido por uma instituição pública do governo de Mônaco (a Société des Bains de Mer) e por isso, durante a parte da manhã (das 9h às 12h) o Casino funciona como um museu. A instituição administra também balés e teatros.

   A praça do Casino.

 

O nome Monte Carlo vem da época em que Mônaco ainda era território de Gênova (Itália), cujo rei era Charles (Carlos). Hoje é um bairro glamuroso, cheio de carros de luxo e bares da alta sociedade. 

Os imóveis em Monte Carlo foram considerados um dos mais caros do mundo. O bairro é formado principalmente por casas em estilo vitoriano. Andar pelas ruas de Monte Carlo é um passeio muito agradável.

  Túnel Larvotto.

 

   Marina de Hercule.

 

Fórmula 1, Curva HairPin e Ayrton Senna

O Grande Prêmio de Fórmula 1 de Mônaco é especial porque não acontece em autódromo. Os carros percorrem as ruas de Monte Carlo. É incrível caminhar por aquelas ruas estreitas e imaginar um circuito de Fórmula 1 acontecendo ali. 

A parte mais importante do circuito de Mônaco fica na Curva do HairPin, que tem esse nome porque se parece com o cabinho de um grampo de cabelo. É uma curva tão fechada que os pilotos têm que reduzir a velocidade para quase zero! 

    Meu filho Pedro na Curva do HairPin.

 

A curva fica em frente ao luxuoso Hotel Fairmont, que no dia da corrida fica lotado de ricaços que reservam as varandas dos quartos para transformá-las em camarotes particulares com uma vista super privilegiada. 

Ayrton Senna é chamado de "O Rei de Mônaco" porque venceu o Grand Prix de lá 6 vezes. Ele gostava de comemorar suas vitórias dando um banho de champagne na família Real, quebrando todos os protocolos. Mas a família Real adorava! 

   Senna na curva do HairPin.

 

Em 2017, Ayrton Senna recebeu uma série de homenagens pelo aniversário de 30 anos de sua primeira vitória no GP de Mônaco. O Príncipe Albert II inaugurou uma estátua no Hotel Fairmont que fica na curva do HairPin. Bianca Senna, sobrinha do piloto, participou da homenagem. “O Príncipe Albert II é um grande fã do meu tio e me contou do orgulho que teve em testemunhar suas corridas aqui em Mônaco", declarou Bianca. 

O Hotel Fairmont possui uma suíte personalizada com o nome de Ayrton. Suíte reservada por um preço nas alturas, mas que os fãs endinheirados claro, não choram para pagar. 

Nós estávamos de carro alugado em Mônaco. Não precisaria alugar carro se fossemos ficar só em Mônaco, mas também conhecemos Nice, Gênova, Menton e Cannes, e por isso o carro foi importante para nós. Com isso, meu filho Pedro teve o prazer de realizar um grande sonho, dirigir pelas ruas de Mônaco seguindo exatamente o percurso do circuito da Fórmula 1. Ele amou! Na verdade, acho que pra ele foi inesquecível.

Aqui estávamos passando exatamente pela curva do HairPin no Hotel Fairmont!

Assista ao video abaixo:

Ana Cassiano

Morei na Alemanha por 8 anos. Já visitei vários países de continentes diferentes. Sou Guia de Turismo em São Paulo, Escritora de Viagens e Colaboradora de Sites de Turismo.

MMorei na Alemanha por 8 anos. Já visitei vários países de continentes diferentes. Sou Guia de Turismo em São Paulo, Escritora de Viagens e Colaboradora de Sites de Turismo.orei na Alemanha por 8 anos. Já visitei vários países de continentes diferentes. Sou Guia de Turismo em São Paulo, Escritora de Viagens e Colaboradora de Sites de Turismo.