Upper Manhattan New York

Choose the Language ↓ Escolha o Idioma

EnglishFrenchGermanSpainItalianDutch
RussianPortugueseJapaneseKoreanArabicChinese Simplified
 
 

 
 

 

5ª Avenida

É uma das ruas mais caras do mundo para se fazer compras. Nela só há lojas de luxo. Mesmo que não seja a sua intenção comprar alguma coisa, vale à pena o passeio por lá e admirar as belas vitrines. 

A 5ª Avenida é uma via bem movimentada e badalada de Manhattan. Devido às caras propriedades e mansões históricas que possui em toda a sua extensão, a 5ª Avenida é um símbolo de riqueza em Nova Iorque. Essa área era conhecida no começo do 20 como "A Via dos Milionários" depois que os nova-iorquinos mais ricos construíram lá as suas mansões com vista para o Central Park.

    The Trump Tower

A 5ª Avenida é a via que separa Manhattan ao meio. À partir dela, as ruas ganham a nomeclatura leste ou oeste, bem o número zero para os números das ruas, que aumentam em ambas as direções quando se afastam da avenida. 

Muitos locais notáveis e edifícios famosos estão situados ao longo da 5ª Avenida, como por exemplo, o Empire State, a Biblioteca Pública de Nova Iorque, o Rockefeller Center, a Catedral de St. Patrick e os principais museus da cidade, como o Metropolitan Museum of Art e o Museu Solomon Guggenheim.

  Catedral de St Patrick.

 

  Na seta, o Flatiron Building, prédio que tem esse nome porque é triangular como um ferro de passar roupa. Foi construído em 1902 e é tombado pelo patrimônio histórico americano.

 

  The Plaza Hotel, da luxuosa rede de hotéis Fairmont, onde foi gravado o filme "Esqueceram de Mim".

 

  MMA, Metropolitan Museum of Art.

 

Outra construção que se destaca na 5ª Avenida, entre a 58th Street e a 59th street, é o Cubo de vidro da Appleque serve de entrada para a loja principal que fica no subsolo.

 

Central Park

O Central Park é o principal parque de Nova York. Possui uma área de 3,41 km². É um oásis dentro da floresta de prédios que cercam a região.  

O parque foi projetado em 1858 pelo escritor e paisagista Frederick Law Olmsted e pelo arquiteto inglês Calvert Vaux, quando venceram a competição urbanística para preencher aquele espaço da cidade. Desde 1962 o parque é tombado pelo patrimônio histórico americano.

Com os aproximadamente 42 milhões de visitantes anualmente, o Central Park é o parque urbano mais visitado dos Estados Unidos. Aparece em muitos filmes tornando-o conhecido no mundo todo. 

Embora o parque pareça natural, na verdade ele foi construído quase que inteiramente. Contém diversos lagos artificiais, trilhas para caminhadas, duas pistas de patinação no gelo, (tem até um zoológico lá dentro!) e diversos campos gramados onde a população deita nos dias ensolarados. 

  Olha isso!!!

 

A cidade de Nova York tem mantido a tradição de passeios de charrete desde 1935. As charretes tornaram-se parte da imagem simbólica da cidade. A gente vê muitas delas pelo Central Park.

Uma das partes mais bonitas do Central Park é o Terraço Bethesda e sua fonte com sua estátua do Anjo das Águas. Os dois níveis do terraço são unidos por duas grandes escadarias que oferecem uma linda visão do lago. Por baixo há uma passagem que liga um lado ao outro, tipo um túnel, que é muito bonito.

 *Foto Wikipedia.

 

De vários pontos do parque a gente avista o Edifício San Remo. Ele chama atenção por suas duas torres adornadas no topo com pilastras greco-romanas. O prédio foi construído em 1930 e é tombado pelo patrimônio histórico americano. 

É um edifício residencial de altíssimo luxo, onde vários artistas famosos moram (ou moraram), como por exemplo, Steven Spilberg, Donna Karan, Demi Moore, Glenn Close, Dustin Hoffman, Steve Martin, Bruce Willis, Diane Keaton, e muitos outros. Steve Jobs comprou e reformou um apartamento de cobertura, mas nunca morou nele, acabando vendendo ao cantor do U2 Bono. Bono por sua vez, causou confusão com vários vizinhos por causa da fumaça que subia pelas lareiras (hahahaha barraco de rico). Em 1985, Madonna solicitou a compra de um apartamento no prédio, mas foi rejeitada pelo conselho de residentes por ter a fama de "bagunceira" (hahahahahaha) 

O maior lago do Central Park é o Reservoir Jacqueline Kennedy Onassis, que é um reservatório de água que abasteceu a região em 1862, mas em 1993 foi desativado. O nome foi dado em 1994 para homenagear a ex-primeira-dama dos Estados Unidos Jacqueline Kennedy e comemorar suas contribuições para a cidade. Jacqueline morava nas proximidades do lago.

Um ponto bastante visitado no Central park é o Edifício Dakota, prédio onde John Lennon morava quando foi assassinado. É um prédio residencial construído em 1884 situado na esquina da 72nd Street e Central Park West. É um prédio bem bonito com características Art Noveau, tombado pelo patrimônio histórico americano.

John Lennon morava no Edifício Dakota desde 1973. No dia 8 de dezembro de 1980 Lennon foi assassinado na calçada por Mark David Chapman (que se dizia seu fã). Na portaria, no exato lugar do assassinato, ficam acesas duas lamparinas que nunca são apagadas, em homenagem a memória do cantor.

A esposa de Lennon, Yoko Ono, ainda tem vários apartamentos no prédio até hoje. O Dakota é uma cooperativa e para uma pessoa morar nele precisa ser antes aprovada pela maioria dos moradores. Assim como no San Remo, muita gente famosa mora lá. Curiosidade: Em 1968 o prédio serviu de locação para o filme "O Bebê de Rosemary", dirigido por Roman Polanski e estrelado por Mia Farrow.

Em memória a John Lennon, foi criado no Central Park, em frente ao Edifício Dakota, o Strawberry Fields. É um campo projetado pelo arquiteto paisagista Bruce Kelly. O nome vem da música dos Beatles "Strawberry Fields Forever", escrita por Lennon. A música em si tem o nome do antigo orfanato infantil de Strawberry Field em Liverpool na Inglaterra, localizado perto da casa que Lennon morava na infância.

O memorial tem no chão um mosaico de pedras circulares, com uma única palavra, o título da famosa canção de Lennon "Imagine". O foi criado por artesãos italianos e foi doado como um presente pela cidade italiana de Nápoles. O memorial foi inaugurado em 1985 no dia em que John Lennon completaria 45 anos de idade. Vários países doaram mudas de árvores para compor os 2 acres de área do memorial. Desde sua criação, o memorial tornou-se um local de encontros públicos entre fãs e admiradores de Lennon.

 

Metropolitan Museum of Art

O Metropolitan Museum of Art é conhecido também como The Met, é um dos museus mais visitados do mundo. Foi inaugurado em 1872 e fica num prédio tombado pelo patrimônio histórico. Abriga uma importante coleção de pintura européia dos séculos 12 ao 20 e obras da arte antiga (grega, romana, egípcia e oriental). Se destaca na área de instrumentos musicais, armas e indumentária. 

Site oficial do Metropolitan Museu of Art →https://www.metmuseum.org/

 

Museu de História Natural

O Museu Americano de História Natural foi fundado em 1869. É o maior museu de história natural do mundo. É especialmente reconhecido pela sua vasta coleção de fósseis, incluindo de espécies de Dinossauros. Uma das grandes atrações do museu é uma coleção de esqueletos de dinossauro, com mais de 30 milhões de fósseis e artefatos espalhados por 42 salas de exibição. Um Tiranossauro Rex de aproximadamente 15 metros dá as boas vindas aos visitantes na entrada. O museu serviu como cenário para o filme "Uma Noite no Museu" (2006). 

Site oficial do Museu de História Natural →https://www.amnh.org/

 

Museu Solomon Guggenheim

O Museu é mantido pela Fundação Solomon R. Guggenheim. Seu nome é em homenagem ao criador do museu. O projeto arquitetônico é do importante arquiteto americano Frank Lloyd Wright, famoso pelas linhas curvas da fachada, representando a arquitetura moderna em sua forma mais orgânica. O museu abriga importante coleção de arte moderna. Foi fundado em 1937 e em 2008, o prédio foi tombado pelo patrimônio histórico americano. 

Preço: 25 dólares. Site oficial do Museu Solomon Guggenheim →https://www.guggenheim.org/

 

Leia também:

 
 

Ana Cassiano

Morei na Alemanha por 8 anos. Já visitei vários países de continentes diferentes. Sou Guia de Turismo em São Paulo, Escritora de Viagens e Colaboradora de Sites de Turismo.

MMorei na Alemanha por 8 anos. Já visitei vários países de continentes diferentes. Sou Guia de Turismo em São Paulo, Escritora de Viagens e Colaboradora de Sites de Turismo.orei na Alemanha por 8 anos. Já visitei vários países de continentes diferentes. Sou Guia de Turismo em São Paulo, Escritora de Viagens e Colaboradora de Sites de Turismo.