Luzern - Suíça

Choose the Language ↓ Escolha o Idioma

EnglishFrenchGermanSpainItalianDutch
RussianPortugueseJapaneseKoreanArabicChinese Simplified
 
 

 

Se você estiver em Zurique, conhecer Luzern é um belo passeio bate-volta de 1 dia. São apenas 50 Km (30 minutos de carro).

Luzern (Lucerna em português) é uma pequena cidade na Suíça conhecida por sua arquitetura medieval bem preservada. Está situada entre montanhas cobertas de neve (lindas!!!) perto do Lago Luzern. É considerada uma das cidades mais lindas da Suíça e por se situar na região central do país, serve de base pra gente partir dali e conhecer várias outras cidades ao redor.

Luzern é uma cidade pequena (considerada uma vila) mas é vibrante e com com turistas o ano inteiro atraídos principalmente por causa dos Alpes.

O centro histórico é bastante charmoso, cheio de construções típicas que ficam às margens do Rio Reuss.

Eu já estive na Suíça tanto no inverno quanto no verão, e é claro que no tempo mais quente a gente aproveita bem mais a cidade. Tem muitas atividades ao ar livre e passeios de barco. Mesmo no verão bate um ventinho frio que vem das montanhas, então leve uma jaqueta. 

Mas é inegável que no inverno a cidade fica maravilhosa também, toda coberta de neve. Porém os passeios são bem mais limitados.

   Foto: Luzern Tourismus.

 

Em Luzern fica o museu mais visitado do país, o Museu do Transporte da Suíça. O segundo museu mais visitado é o Museu Olímpico que fica em Lausanne.

 

A Língua

Você sabia que não existe o idioma “suíço”? O país é pequeno e faz fronteira com 4 países diferentes (Alemanha, França, Itália e Liechtenstein/Áustria). Por isso, os 3 idiomas oficiais da Suíça são: o alemão, o francês e o italiano. A língua falada em cada cidade vai depender da região em que ela está, mas geralmente a população fala os 3 idiomas.

Assim como em Zurique, BernBasel, Luzern é mais uma cidade da Suíça onde se predomina o idioma alemão. Por isso, o nome das ruas e dos pontos turísticos são todos em alemão. Luzern é considerada "A Suíça Alemã".

   Suíça em alemão se escreve Schweiz (pronúncia-se Schwáiz).

 

 

Kapellbrücke e Wasserturm

Em Luzern há 4 passarelas que atravessam o Rio Reuss. Elas são tão bonitas que são os principais pontos turísticos da cidade. A mais antiga delas é a Kapellbrücke (Ponte da Capela), construída no século 14. Ela é a ponte de madeira coberta mais antiga da Europa.

Ela tem esse nome porque em uma das extremidades está a Capela de São Pedro. E o interessante é que ela atravessa o rio na diagonal. 

A passarela é toda de madeira e em 1993 pegou fogo. Então hoje o que vemos é uma reconstrução, com pinturas do século 17 que ilustram cenas da história da cidade. 

Ao lado da Ponte da Capela fica a Wasserturm (Torre de Água). Ela perdeu a finalidade de estocar água há muito tempo. Já foi usada como torre de observação e proteção da cidade, depois virou prisão. Hoje faz parte do acervo arquitetônico e histórico de Luzern. É uma torre octogonal, com 34,5m de altura e 39m de diâmetro, e fica bem no meio do Rio Reuss. 

 

As Margens do Rio Reuss

Passear por Luzern caminhando pelo calçadão que margeia o Rio Reuss é uma delícia. A gente tem uma visão da beleza da cidade e da arquitetura. 

  Com minhas amigas Claudinha Sampaio e Maria Cláudia.

 

No caminho a gente encontra uns acessos com escadinha que dão no rio. A água é cristalina e geladinha (mesmo no verão) porque vem das geleiras que derretem dos Alpes. Eu vi crianças nadando ali, sob supervisão das mães, claro.

 

Rathaussteg e a Prefeitura

A Rathaussteg é uma passarela que liga um margem do rio ao centro histórico da cidade. Ela foi construída em 1961 sobre as fundações de estacas de uma ponte que já existia anteriormente. Por ser de ferro, a passarela passa por constantes restaurações para evitar a ferrugem.

Rathaussteg significa passarela da prefeitura, porque é onde ela termina. O prédio da prefeitura é muito bonito. 

No final da passarela tem essa escadaria que leva ao pátio da prefeitura.

O pátio da prefeitura se chama Kornmarkt. É tipo uma praça pequena com lojinhas, restaurantes, e onde acontecem vários eventos públicos legais, principalmente apresentações de música ao ar livre. A torre da prefeitura chama bastante atenção e tem esse relógio bem bonito.

 

Ponte Reussbrücke

A Ponte Reuss é a mais charmosa na minha opinião. Ela é curtinha, larga e tem até uns banquinhos para as pessoas sentarem. 

  Olha a vista que a gente tem da ponte!

 

A Ponte Reuss fica bem de frente à Jesuitenkirche, uma linda igreja barroca do século 16. Dentro dela é tudo branco! Vale à pena entrar.

 

As praças Weinmarkt e Hirschenplatz

Caminhando pelo centro histórico de Luzern, a gente chega a essas duas praças. Uma é bem perto da outra. A principal característica delas são as pinturas nas fachadas das construções. Devia ser uma moda na época, porque várias casas e prédios possuem essas pinturas na frente. Esses afrescos são restaurados de 20 em 20 anos pela prefeitura da cidade para conservação.

A Praça Weinmarkt abriga uma das fontes mais lindas da cidade, que retrata St Maurice acompanhado de 6 guerreiros medievais.

 

Ponte Spreuerbrücke

É uma ponte de madeira construída no século 15. No meio dela tem umas pinturas que remetem à morte (eu hein). 

Ao lado da ponte tem um antigo moinho, que era usado como gerador de energia da cidade. Ali também tem uma barragem de madeira que controla a passagem de água do rio para manter o nível do Lago Luzern.

 

Castelo Gütsch

Estando em qualquer parte de Luzern a gente avista no alto do morro o Castelo Gütsch, que na verdade é um hotel do século 19. Ele tem um ótimo restaurante aberto ao público, com um terraço de vista linda da cidade, lago e montanhas. Para acessar o lugar, o hotel tem seu próprio funicular, mas também dá pra chegar de carro ou transporte público.

Dizem que antes de virar hotel, o castelo quase foi comprado por Michael Jackson!

Site oficial do Gütsh →https://www.chateau-guetsch.ch/en/

 

Muralha Musegg e a Torre Zyt

Luzern é cercada ao norte por uma muralha do século 14 chamada Museggmauer. A muralha representa indícios da era medieval na cidade, quando era preciso se cercar para se proteger. A muralha tem 870 metros de comprimento e 9 metros de altura e possui 9 torres de observação. Tudo está muito bem conservado e pode ser visitado. A vista lá do alto é maravilhosa e o melhor de tudo: é de graça! As melhores torres com as melhores vistas de Luzern são as torres Zyt e Männli

A Zyt Tower possui o relógio mais antigo da cidade, construído por Hans Lutter em 1535. Uma particularidade desse relógio é que ele badala a cada hora um minuto antes de todos os demais relógios da cidade.

Dá para chegar lá no alto de carro, mas muita gente gosta de subir à pé (é puxado!). Partindo da Torre Nölli que fica perto do centro histórico, é só seguir por um caminho que leva morro acima. Leve água! Se preferir chegar lá de carro (principalmente para idosos ou crianças) coloque no GPS destino→ Musegg-Kapelle.

 

O Lago Luzern

O Lago de Luzern fica fora do centro histórico. Ao redor dele estão as construções modernas da cidade. Nada tira o ar tranquilo e bucólico da Suíça (principal característica do país) e a região que fica ao redor do lago não poderia ser diferente: é linda e cheia de cisnes.

  Atrás de mim nessa foto é o Centro de Cultura e Congressos de Luzern. É uma bela e grandiosa construção que fica na beira do lago.

 

Na verdade o lago se chama Vierwaldstätersee. O nome (alemão) é tão grande que todo mundo o chama de Lago Luzern mesmo rs. Ele tem 38 quilômetros de navegação e liga a cidade de Luzern à outras vilas que ficam na base das montanhas. Tem passeios de 1 hora até 5 horas e meia (volta completa no lago). As paisagens dos Alpes são cenográficas! O preço varia de acordo com o trajeto. Só para ter uma idéia, o passeio de 2 horas e meia custa 56 CHF por pessoa. Para consultar trajetos, preços e comprar clique →AQUI

 

Confederação Helvética

Uma Curiosidade: Helvetia é o nome feminino personificado da Suíça, mais precisamente da região central do país que fica entre a Cordilheira do Jura (ao norte) e os Alpes (ao sul). Esse nome foi dado pelos antigos romanos por causa da tribo dos helvécios que viviam nessa região. Os suíços consideram a Helvetia como sendo a representação da “mãe pátria” e por isso encontramos a figura dessa “deusa romana” em várias coisas na Suíça, inclusive na moeda de 2 Francos.  

CH vem de Confederação Helvética, o outro nome dado à Suíça!

  • Por isso que o símbolo da moeda Francos Suíços é CHF. 

  • E nas estradas, a gente vê placas e adesivos nos carros com o símbolo CH

  • Sites e e-mails suíços têm a terminação "ch" (www. .. .ch)

 

Leia também:

Zurique e seus Pontos Turísticos

Outras cidades e passeios pela Suíça

Fatos Importantes e Curiosidades sobre a Suíça

Ana Cassiano

Morei na Alemanha por 8 anos. Já visitei vários países de continentes diferentes. Sou Guia de Turismo em São Paulo, Escritora de Viagens e Colaboradora de Sites de Turismo.

MMorei na Alemanha por 8 anos. Já visitei vários países de continentes diferentes. Sou Guia de Turismo em São Paulo, Escritora de Viagens e Colaboradora de Sites de Turismo.orei na Alemanha por 8 anos. Já visitei vários países de continentes diferentes. Sou Guia de Turismo em São Paulo, Escritora de Viagens e Colaboradora de Sites de Turismo.