Barreirinhas e Santo Amaro do Maranhão - Lençóis Maranhenses

Arabic Korean Japanese Chinese Simplified Russian Portuguese

English French German Spain Italian Dutch

Choose the Language ↓ Escolha o Idioma
 
 
 

 

Esse post é a continuação da Parte 1 sobre os Lençóis Maranhenses. Na primeira parte falei sobre Quando ir, Como chegar, Em quais cidades ficar e mostrei em detalhes todos os passeios que fiz em Barreirinhas. Para ver a 1ª parte CLIQUE AQUI

 

Santo Amaro do Maranhão

Santo Amaro é um vilarejo bem simples, muito menor que Barreirinhas, mas tem pousadas bem bonitinhas e que atendem bem as necessidades dos turistas. As pousadas são simples e charmosas. Muitas têm restaurante. 

Santo Amaro é praticamente uma vila. É pequena e calma, típica cidade do interior do Maranhão. As pessoas são bem gentis, fiz boas amizades por lá com os moradores locais. É seguro andar à noite. Caminhar pela cidade é muito gostoso, a gente encontra boi, porco, jegue e cabritinhos soltos pelas ruas. É muito bucólico.

Cartão de crédito é aceito em alguns lugares em Santo Amaro. Fique atento e tenha sempre uma quantia em dinheiro na carteira para emergências, passeios e alimentação. Em Santo Amaro há um banco Bradesco, uma casa lotérica e uma agência dos Correios, caso precise sacar dinheiro. Tem pouco comércio, mas a gente encontra o essencial para comprar. Tem farmácia, mercadinho e lojinhas de roupas, principalmente as que vendem roupas de banho, chapéus e saídas de praia.

A cidade fica praticamente dentro do parque nacional dos Lençóis e por isso oferece um acesso bem mais rápido às lagoas e dunas. Com apenas 15 minutos de estrada já temos acesso à elas. 

As lagoas de Santo Amaro têm a vantagem de serem mais vazias, diferentemente das de Barreirinhas que recebem muito mais turistas. Exceto nos finais de semana, quando os Lençóis abrem para os moradores. Aí sim, as dunas ficam cheias! Principalmente a do circuito municipal (Andorinhas/Gaivotas) que é mais perto do portão de entrada do Parque dos Lençóis.

Leve repelente! Tem muito pernilongo.

A internet e o sinal de celular são bastante instáveis nos Lençóis. As pousadas oferecem Wi-Fi, mas não é garantido que estará funcionando maravilhosamente bem. Muitas vezes o sinal de celular é melhor no alto das dunas do que nas pousadas.

Santo Amaro fica às margens do Rio Alegre. Ele é raso e calmo. Tem uma coloração avermelhada, mas é limpo e propício para banho. Perto da ponte, tem um balneário do Rio Alegre. Há um banco de areia onde construíram cabanas rústicas que servem comidas e bebidas. Toca um som alto, o estilo de música eles chamam de "piseiro". É um canto da cidade bem agradável. Fica cheio de nativos curtindo a hora de descanso. Nós passamos algumas horas por lá também.

O point da cidade é a Sorveteria Quero-Quero. Fica numa pracinha bem de frente à estrada onde chegam as jardineiras com turistas no final dos passeios. O legal é sentar ali, escolher um sorvete de sabor típico regional e observar o movimento. Experimente os sabores: Tapioca, Cajá, Taperebá, Buriti e Bacuri.

Santo Amaro é novo no turismo. Tem pouquíssimo tempo que passou a receber grande número de turistas que visitam os Lençóis. O governo está investindo em formação profissional dos moradores, pousadas, restaurantes etc. As estradas estão sendo asfaltadas e mais bem cuidadas.

 

CURIOSIDADE: Nas dunas de Santo Amaro foi gravado o filme "Casa de Areia" e a novela "Da Cor do Pecado". Nas dunas de Barreirinhas foram gravadas cenas da novela "O Clone" para retratar o Marrocos. No Parque dos Lençóis também foi gravado um episódio da série "Largados e Pelados" - reality show do canal Discovery Channel.

 

Sugestões de Pousadas em Santo Amaro:

  • Dunas Beach (Pousada simples mas muito boa, e bem novinha. Recém construída) Recomendo!
  • Pousada Paraíso (Fiquei nessa. Muito boa. Tem um ótimo restaurante - o Deguster. Mas não fique em apartamentos. Prefira o chalé)
  • Pousada Água Doce (Tem chalés coloridos e bem bonitinhos. Tem piscina e fica na beira do rio Alegre)
  • Pousada Rancho das Dunas (Eu ia ficar nessa, mas não tinha mais vaga. Dizem que é muito legal)
  • Pousada Ciamat (Alto padrão, é uma pousada mais cara. Tipo hospedagem gourmet como dizem. Muito chique)

 

Abaixo, fotos da Pousada Paraíso onde fiquei hospedada em Santo Amaro:

  Pousada Dunas Beach, uma gracinha. A Joelma e o Marcos são os donos, super simpáticos e prestativos.

 

Sugestão de Agências de Turismo em Santo Amaro:

  • Coruja Tour (Joelson) (98)8749-0735
  • Mirotur (98)98717-5357
  • Agência Rota das Dunas (98)99128-9392
  • Brecô Turismo (98)8840-2798. O motorista da jardineira é o Sr. João. Uma graça de pessoa!

 

Sugestão de Restaurantes em Santo Amaro

  • Restaurante Deguster (Fica dentro da Pousada Paraíso) é aberto ao público e é ótimo. Preço médio.
  • Restaurante Dunas Bistrô (Excelente) Lugar muito agradável, moderninho, aconchegante. Super recomendo. Preço: mais carinho um pouco.
  • Restaurante do Gordo (Bom e Barato)
  • Restaurante Rota do Sabor (Não cheguei a ir, mas recebi recomendação dizendo que é bom)

 

Abaixo fotos no Restaurante Dunas Bistrô:

 

Passeios em Santo Amaro

  • Circuito da Betânia - Um dos melhores que eu fiz.

  • Lagoa das Américas - O mais bonito na minha opinião.

  • Circuito Gaivotas/Andorinhas - As lagoas são bonitas, mas como fica bem perto da cidade, estava cheio de gente demais. Ao redor tem muitas lagoas secas e o sol não se põe por trás das dunas, e sim atrás da vegetação. Então eu não achei tão bonito quanto nos outros passeios. Gostei desse circuito, mas não morri de amores.

  • Passeio Noturno pelos Lençóis - Imperdível!

  • Lagoa das Emendadas - Não fui porque tem que andar 2 horas pra ir e 2 horas pra voltar. Deus me livre!

  • Rancharia - Não fui. Anda demais, é passeio de um dia inteiro, tem que subir morro... enfim, esse eu também não quis encarar.

  • Ponta Verde - É na Lagoa de Santo Amaro. Almoça na casa de moradores locais. Esse passeio eu não fiz, porque já tinha feito o Betânia e o América, e eu achei o roteiro bem parecido.

 

Circuito Betânia - Santo Amaro

Preço: Passeio Coletivo (R$100,00 p/ pessoa) Passeio Privativo (R$750,00). Betânia é um passeio de dia inteiro, saindo às 09h e retornando para Santo Amaro após o pôr do sol. 

Adorei esse circuito porque envolve lagoas, dunas, travessia de rio, almoço numa vila de moradores e descanso em redes.

Esse circuito é legal porque é mais distante de Santo Amaro, então a gente entra mais pra dentro do Parque dos Lençóis. Não fica apenas nas dunas do município. A gente explora muito mais coisa. Isso faz diferença no número de pessoas que a gente encontra nas dunas (tem menos gente) e o pôr do sol é bem mais bonito, porque a gente só vê dunas e não vê tanta vegetação como nos outros passeios. E acredite, ver o sol se pondo atrás das dunas é bem mais bonito do que quando ele desaparece atrás da vegetação (restinga).

  Betânia fica aqui no nº4 no mapa.

 

  Pôr do sol de frente para as dunas, e não para a vegetação.

 

Pela manhã, a jardineira passa nas pousadas para pegar os turistas. Nesse momento, o motorista e o guia nos mostra o cardápio do almoço do dia. Cada um escolhe o que quer comer e eles mandam por whasap para o restaurante para eles já irem preparando a comida.

Santo Amaro já fica dentro do Parque dos Lençóis. Então a chegada às dunas é rápida e bem mais confortável do que em Barreirinhas. Na entrada do Parque tem um posto de fiscalização onde o guia e o motorista entregam um voucher informando o número de turistas que estão levando e de onde cada turista é. Assim o Parque tem um controle do número de pessoas que visitam os Lençóis diariamente.

Pela manhã passamos por duas lagoas, a do Junco e a Lagoa Cajueiro. De manhã o tempo costuma estar bem nublado, com muitas nuvens, mas à tarde o tempo abre e o sol brilha forte. 

Nos passeios de Santo Amaro, todas as agências oferecem cadeiras, guarda-sol e água geladinha de graça. Em Barreirinhas eles não oferecem esse serviço porque lá a gente tem que andar a pé pelas dunas. O carro não chega até a margem das lagoas. Eles estacionam longe e o resto a gente tem que fazer caminhando. Já aqui em Santo Amaro é diferente, as jardineiras estacionam bem na margem das lagoas. Então o carro transporta facilmente as cadeiras, guarda-sol e geladeiras com gelo e água.

Ao meio-dia, chega a hora do almoço. Então o guia nos leva a um determinado ponto de onde saem barquinhos para atravessar o Rio Alegre (5 reais por pessoa) e nos leva até a vila de moradores, onde eles preparam a nossa comida. A travessia é rápida, cerca de 10 minutinhos.

 A vila é bem charmosinha. O restaurante é rústico, pé na areia, bem agradável e com comida simples e boa. Os preços variam entre 40,00 e 60,00 por pessoa dependendo do cardápio. Não deixe de provar a cerveja do Maranhão que se chama Magnífica. Existem 3 restaurantes em Betânia. O guia escolhe qual deles vai nos levar. O nosso foi o Cantinho da Felicidade.

Depois do almoço vem a melhor hora do passeio. A gente tem um tempo livre, cerca de 1 hora para descansar nas redes. Uma delícia! Na vila tem um redário público, pode chegar e deitar. Tem muitas redes, tem rede pra todo mundo. Tem rede na cabana, tem rede debaixo das árvores, tem até dentro da água. Eu fiquei nessa, muito gostoso. A água do Rio Alegre é avermelhada, mas é limpa e bem quentinha. 

Depois de descansar bastante, pegamos o barquinho de volta e retornamos às dunas. Paramos em outras 2 lagoas, a Lagoa da Passarela e a Lagoa Betânia, que é linda e dá nome ao circuito.

As lagoas têm nomes apenas para organizar os passeios. Os circuitos têm o nome de uma lagoa (nesse caso, Circuito da Betânia), mas na verdade o roteiro passa por várias lagoas e dunas. Pode ser que alguma lagoa famosa já não esteja mais tão bonita quanto ao ano anterior, mas a do lado esteja incrível. Então não se apegue aos nomes e confie nos guias, que estão ali para proporcionar a melhor experiência possível aos turistas. Os guias são moradores locais e têm o maior orgulho da região. Por isso vão mostrar o que tem de melhor por lá. O percurso de lagoas é feito de acordo com a temporada. O guia escolhe as melhores lagoas da época. 

Por causa do vento, a areia nos Lençóis não é quente. A gente pode andar descalço e deitar tranquilamente porque não queima.

Os guias e motoristas são muito prestativos para bater fotos dos turistas. Eles arrasam! Nenhuma foto sai perdida, ninguém fica feio nesse lugar, rs. E detalhe, nem precisa de filtro. A luz dos Lençóis é perfeita. 

Ao entardecer, o guia começa a procurar uma boa duna pra gente assistir ao pôr do sol. É um dos maiores espetáculos dos Lençóis. As dunas vão ficando douradas, a luz perfeita para fotografar. 

Olha a nossa sombra nas dunas que legal!

O silêncio é divino. O sol se esconde lentamente e a nós nos resta só agradecer por mais um maravilhoso dia nesse paraíso.

Depois do pôr do sol, todas as jardineiras voltam ao mesmo tempo para Santo Amaro. É bem legal ver aquele tanto de jardineira junta em fila indiana. Aqui não dá trânsito como em Barreirinhas. E logo logo a gente chega de volta na pousada.

 

Lagoa das Américas - Santo Amaro

É um passeio de meio período. Tem de 9h ao meio-dia ou de15h até o pôr do sol. Eu sempre prefiro passeios à tarde então fui nesse. 

Preço: Passeio Coletivo (R$70,00 p/pessoa) Passeio Privativo (R$450,00). O passeio na Lagoa das Américas é um passeio diferente dos outros pois o trajeto é feito à barco (voadeira) e é bem legal. 

A jardineira passou na nossa pousada às 14:30h para nos pegar. Depois nos levou até um pequeno porto, bem rústico mesmo, onde ficam ancorados vários barquinhos chamados de voadeira. 

A gente atravessa a lagoa de Santo Amaro num percurso que dura uns 25 minutos. A voadeira vai bem rápido! É legal porque a gente vê o gado pastando dentro da lagoa. Eles nadam para comer a vegetação que se chama junco. São muitos bois e vacas que a gente vê pelo trajeto, bem no meio da lagoa. Uns chegam a ficar totalmente submersos. Só com o nariz e a boca de fora, rs.

Ao chegar nas dunas, a gente desce da voadeira e anda mais uns 10 minutinhos até chegar na Lagoa das Américas. Essa é uma parte do Parque dos Lençóis protegida pelo ICMBio. Não pode entrar jardineiras nem quadriciclo. Só se chega aqui de barco e a gente tem que caminhar até a lagoa.

  Todos os passeios pelos Lençóis têm que obrigatoriamente ter um guia local cadastrado para nos acompanhar.

 

A América é famosa pelos 4 coqueiros juntos. Em nenhuma lagoa dos Lençóis tem coqueiros, só aqui.

  Olha meu marido lááá na frente.

 

Depois da caminhadinha, a gente chega na lagoa. Uma maravilha! Praticamente deserta. Água cristalina, dunas maravilhosas, não tenho palavras suficientes para descrever como aquela paisagem é linda. Vou colocar aqui as fotos que tiramos com nosso drone. Talvez elas consigam traduzir a beleza desse lugar.

O guia nos deixou ali e foi embora. No final do dia ele voltou para nos buscar.

Ficamos ali todo o tempo. Nesse passeio da América, a gente não troca de lagoa, fica só nessa mesmo. É uma passeio de descanso e contemplação. Foi uma das tardes mais agradáveis que passei nos Lençóis.

  Nós levamos Jambo para comer. Você já comeu Jambo?

 

A gente não consegue parar de tirar fotos rs. O formato das dunas parece uma pintura, os desenhos que o vento faz na areia chega a nos hipnotizar. Parece que estamos dentro de um quadro. E olha que não é exagero meu viu. A beleza é toda essa mesmo.

Aí chega a hora do pôr do sol. E quando pensamos que já tinha visto muitos deles, vem mais esse e nos surpreende. Subimos na duna ao lado, nem precisou andar muito. E dali presenciamos mais uma vez esse espetáculo da natureza que os Lençóis nos proporciona.

   Fizemos amigos queridos nesse passeio.

 

Depois que o sol se pôs, o guia veio para nos buscar. Entramos de volta na voadeira com as cores do céu de um dia feliz. E assim nos despedimos dos coqueiros da América. Eu nunca vou me esquecer desse dia! Nesse exato momento da foto a gente viu uma estrela cadente. Claro que eu fiz um pedido né!

 

Circuito Andorinhas Gaivotas - Santo Amaro

Esse é um passeio de meio dia. Você pode escolher fazê-lo de manhã ou na parte da tarde. Eu sempre prefiro passeios à tarde porque o céu está mais aberto, com menos nuvens e também tem o lance de ver o pôr do sol. Então eu fiz à tarde. 

Preço: Passeio Coletivo (R$70,00 p/pessoa) Passeio Privativo (R$450,00) 

O início é o mesmo esquema de todos os passeios, a jardineira passa nas pousadas recolhendo as pessoas. A gente entra no Parque dos Lençóis e começa a visitar as lagoas. 

Esse roteiro é bem perto do portão de entrada. Eles chamam lá de lagoas do município, porque fica bem perto de Santo Amaro. Por isso, fica mais cheio de gente, devido a facilidade de chegar. E como os nativos podem usar o parque sem pagar, muitos deles preferem ficar ali mesmo nas lagoas mais próximas. Principalmente nos finais de semana e feriados, essas lagoas ficam bem cheias de gente. 

Nesse circuito, a gente visita 3 lagoas. O guia escolhe qual das lagoas ao redor estão melhores. Pode ser a Lagoa das Gaivotas e Andorinhas, Lagoa do “V”, Lagoa do Peixe ou Lagoa da Piscininha. 

  Essa estrela boiando aí no meio sou eu, rs.

 

Depois de curtir as lagoas e tirar bastante fotos, o guia escolhe uma duna para assistirmos ao pôr do sol. Mas nesse passeio, por estar bem próximo da cidade, o sol não se põe por trás das dunas, e sim atrás da vegetação. Então eu não achei tão bonito quanto nos outros passeios.

 

Passeio Noturno pelos Lençóis - Santo Amaro

Quero deixar registrado aqui um passeio super especial e exclusivo que fizemos nas dunas de Santo Amaro à noite. Quase nenhuma agência oferece esse roteiro. É o passeio pelos Lençóis para ver as estrelas (e a lua quando tiver). Imagina essas dunas com lua cheia genteeee!!!!!

Guarde o nome desse guia: Joelson da agência @corujatur_lencoismaranhenses (98)8749-0735Foi ele que nos proporcionou essa experiência inesquecível. Um guia local cadastrado com alto conhecimento da região, com carro autorizado para entrar nos Lençóis e cheio de informações e curiosidades legais pra contar, dessas que a gente não encontra em nenhum blog (agora vai ter no meu!) 

Ele passa na pousada às 21h para nos pegar e entramos nos Lençóis sob esse céu estrelado maravilhoso. Claro q as fotos não retratam a realidade da beleza que é ver com os próprios olhos. Pode nadar à noite se quiser! 

Quem vem para os Lençóis não pode perder essa experiência única. O passeio é privativo, mas o preço vale a pena. Superou todas as nossas expectativas.

 

Atins

Eu não fui à Atins! Não tive vontade de conhecer. Li bastante sobre o lugar, assisti a vários vídeos no Youtube e percebi que Atins não faz o meu perfil de turismo. Mas veja, essa é minha opinião pessoal, porque já ouvi relatos de muitas pessoas que foram e amaram.

Atins é a terceira cidade base que as pessoas visitam quando veem para os Lençóis. A mais procurada é Barreirinhas e a segunda é Santo Amaro.

Atins é uma vila que pertence a Barreirinhas. Chegar lá é super difícil, tem que ser de barco ou de jardineira 4x4 (cerca de 2 horas de viagem em estrada de areia bem irregular). Mas tem turistas que amam ficar em Atins pelo simples fato de ser uma vila remota, longe de tudo e bem isolada. 

Fica na beira do mar, bem onde o rio Preguiças desemboca no oceano. A praia é deserta, tem muitas ondas e a água é escura (marrom). Venta muito e por isso tem muitas pás de moinhos de vento que geram energia eólica. 

E também por causa do vento forte, há muitos praticantes de Kite Surf. 

As ruas são de areia, há poucas pousadas e restaurantes. Dizem que lembra Jericoacoara de décadas atrás.

As pousadas e restaurantes são bem caros acredite, porque dá muito estrangeiro por lá.

A energia é mais solar do que elétrica e não pega sinal de celular quase em lugar nenhum. 

Mas o lugar tem seu charme peculiar, por isso há pessoas que preferem ficar hospedados em Atins. 

O vilarejo dá acesso às dunas e lagoas facilmente.

Eu só conheci Atins do alto, quando fiz o sobrevoo de avião pelos Lençóis. Vou postar as fotos que bati de cima. Atins é bem próxima de Caburé, que fica do outro lado do rio Preguiças.

 

Tudo sobre Barreirinhas, passeios e Informações sobre os Lençóis

Leia sobre Barreirinhas e todas as informações úteis sobre os passeios. E mais, tudo o que você precisa saber antes de viajar para os Lençóis Maranhenses. CLIQUE AQUI PARA LER

 

Leia também:

São Luís, a Capital do Maranhão. É comum associar o passeio pelos Lençóis com uma visita à capital maranhense. Clique aqui para ler.

Outras cidades e passeios pelo Brasil

Ana Cassiano

Morei na Alemanha por 8 anos. Já visitei vários países de continentes diferentes. Sou Guia de Turismo em São Paulo, Escritora de Viagens e Colaboradora de Sites de Turismo.

MMorei na Alemanha por 8 anos. Já visitei vários países de continentes diferentes. Sou Guia de Turismo em São Paulo, Escritora de Viagens e Colaboradora de Sites de Turismo.orei na Alemanha por 8 anos. Já visitei vários países de continentes diferentes. Sou Guia de Turismo em São Paulo, Escritora de Viagens e Colaboradora de Sites de Turismo.